Se você é advogada(o) e deseja fortalecer sua marca profissional (personal branding), se destacar diante da multidão – existem mais de 2 milhões de advogados cadastrados no LinkedIn!

A partir do uso adequado do LinkedIn, que é atualmente a maior rede social profissional do mundo, ser encontrado, ampliar sua autoridade, e como consequência, aumentar seus clientes. Se esse é seu desejo continue lendo …

Neste artigo, mostrarei como posso te ajudar a conquistar novos clientes com o LinkedIn de maneira fácil e rentável.

Durante meus treinamentos – presencial e online – para advogados de diferentes especialidades, todos costumam me perguntar:

“Como posso gerar mais negócios com o Linkedin?” “Não sei como usar essa rede profissional, me ajuda?”

“Meu perfil está completo e alinhado à minha marca pessoal?”

“Qual linguagem devo adotar nos meus conteúdos do LinkedIn?”

“Que conteúdo público e devo compartilhar?”

Por isso decidi escrever esse artigo, que traz 9 passos.

LinkedIn hoje tem mais de 39 milhões de profissionais brasileiros cadastrados. No mundo todo são mais de 640 milhões.

PASSO 1:

O que seu cliente procura na internet é um profissional que pode resolver seus problemas, e geralmente ele vai fazer pesquisas relacionadas aos temas no Google e no Linkedin.

 Na internet uma lista interminável de advogados, e por isso é importante aprender a se diferenciar da concorrência e fazer SEO (Search Engine Optimization – Otimização de conteúdo para mecanismos de busca) no Linkedin para aparecer nas primeiras posições.

Ter seu perfil bem completo e alinhado ao seu posicionamento profissional, com as palvras chave das suas especialidades é o começo de tudo.

Ocupe todos os espaços do seu LinkedIn!

PASSO 2: Como fazer com que eles percebam você?

Primeiro, você deve ter um perfil no Linkedin nota 10, que transmita seu valor como profissional, comunicando de forma clara e concreta o que você faz e como faz.

Diferenciar-se da concorrência é essencial.

Diga a eles qual é o benefício do seu serviço e como você o soluciona. Porque seu cliente deve escolher você – mostrando com dados e fatos do histórico de sucesso.

PASSO 3: Mudança de mentalidade.

Escreva em um idioma próximo, como se estivesse dizendo ao seu cliente quando você está tomando café. É uma forma de se aproximar, não seja distante ou frio.

A transformação digital, a internet e as redes sociais mudaram nossas vidas, adaptam-se e tiram proveito de todo o seu potencial, porque se você não fizer isso, outras pessoas farão isso por você.

Que a tecnologia não o impeça. Use-a a seu favor, e peça ajuda!

PASSO 4: Sua estratégia no Linkedin

É essencial desenvolver um plano de ação alinhado aos seus objetivos para alcançar resultados.

Nesse plano de ação deve existir a produção de artigos e posts relacionados à sua expertise, ao que você sabe e faz com maestria.

Poste e interaja regularmente na rede, já vai trazer mais visibilidade ao seu perfil e tirá-lo do modo currículo.

PASSO 5: Interaja na rede

Gentileza: “Dê para receber.”

Comece entregando algo, sendo generoso com outras pessoas, compartilhando, comentando e recomendando as postagens de outras pessoas. Você verá como, quando publicar, elas farão o mesmo.

PASSO 6: Identifique seu público-alvo

Fundamental para construir confiança diante do mercado, ser conhecido e reconhecido entre seus alvos.

Crie avatar/persona para os seus principais tipos de clientes, considere o momento em que estão vivendo e como você pode ajudá-lo nesse sentido.

PASSO 7: Venda Social

Ele se baseia no estabelecimento de relacionamentos entre pessoas e clientes em potencial por meio de redes sociais, principalmente no Linkedin, que acabam se traduzindo em clientes, se conduzido de forma assertiva. Pressa e ansiedade não combinam com esse processo de venda que é o social selling.

É mais importante aqui ser interessado do que interessante, acredite. Faça perguntas e demonstre interesse genuíno pelas pessoas e seus desafios.

Escute mais. Empatia tem poder!

PASSO 8: Relacione-se com a sua concorrência.

Não os veja como uma ameaça, mas como uma oportunidade.

Seja humilde e aprenda com aqueles que passaram mais tempo do que você no Linkedin, siga-os na rede, antes de pedir conexão.

Funciona para mim, você também pode gerar novas oportunidades de negócios e fortalecer sua marca profissional.

Descubra como eu posso ajudá-lo com meu treinamento presencial adaptado a você.

Passo 9: Perceba-se como uma marca.

Seu nome já representa uma unidade de negócio.

Seu perfil no LinkedIn deve estar sempre em seu nome, nunca da sua empresa, ou com a logo do seu escritório no lugar da sua foto.

O LinkedIn tem um espaço específico para as páginas de empresas e escritórios de advocacia: chama-se CompanyPage. Esse espaço tem inúmeras funcionalidades, além de possibilitar o investimento em anúncios para seu negócio.

Você tem sido CEO da marca “você”?

Acredito que todo autônomo é um empresário(a) em potencial. Por isso, nunca use esse termo no seu LinkedIn, pois estará desperdiçando uma oportunidade imensa de se destacar e ser visto.

E lembre-se: no LinkedIn, conteúdo de utilidade é rei/rainha! Por isso ensine, oriente e ajude antes de qualquer coisa.

Me chamo Vivian Lopes, sou jornalista e empreendedora há mais de dez anos. Há cinco descobri minha paixão pelo marketing de conteúdo e pela inovação. Já trabalhei como relações públicas e coordenadora de comunicação por sete anos, para empresas de tecnologia, inovação e RH. Hoje ajudo líderes e especialistas a se posicionarem e produzirem conteúdo no blog do #LinkedIn, plataforma que sou fã de carteirinha. Vou adorar conhecer sua história. Se quiser conversar é só me enviar um e-mail vivian@vcontent.com.br .

CONVITE PARA VOCÊ – Participe do Grupo VIP no Telegram sobre LinkedIn Business –

https://t.me/joinchat/NZ7ZTBMbbDYLPbP56BfCTg 

*

Compartilhe:
Iniciar chat
Vamos conversar?
Olá, como posso te ajudar?